CHÁ DA MEIA-NOITE

Jo lutou, sofreu, manifestou-se em público, deixou-se rebaixar pela imprensa. Mesmo assim, a sua mensagem não passou. Foge à definição de transexualidade por não ter a necessidade de fazer a cirurgia de redesignação de género. Na casa da Murtosa, onde passa metade do ano com o companheiro Alexandre, construiu uma espécie de muralha: obras de arte a ocupar os quartos e, pela primeira vez, uma sensação de paz.
Em desenvolvimento, será publicado em breve.

“Chegar a esta proveta idade e dizer: ‘Mas eu consegui ser eu própria’, para mim, como consolo, sabe-me a pouco. Eu acho que merecia mais.”

Equipa

Sibila LindRepórter

 

Há mais estórias por contar

OUTROS PROJECTOS

JUVENTUDE EM JOGO

Portugal é a principal porta de entrada na Europa de jogadores de futebol menores vindos de África e da América Latina. Conhece as estórias de Francisco, Cassiano e Valentine.

PROJECTO

O ZÉ QUER SABER PORQUÊ

O aquecimento global é um problema com rostos. Nos últimos anos, os habitantes de Elalab têm travado uma luta desigual contra a subida do nível do mar.

VER TRAILER